DICAS DE COMPORTAMENTO POR JOTAERRE

 

Garrucheira Velha. Um texto para refletir...

É normal que você depois de alguns anos de relacionamento, ao se ver descompromissado novamente se depara com três motivos infalíveis para iniciar sua maratona de paquerador.

A primeira é que você acha necessário provar pra si mesmo e para o mundo que ainda é o bom, relembrando os seus tempos de adolescente em que não escapava nada.

A segunda é pra se aliviar do complexo de que o relacionamento anterior não deu certo, mas não foi por sua causa.

E o terceiro, é que você se tornou dependente de um relacionamento afetivo e precisa fazer a substituição o mais rápido possível.

Bem, não importam os porquês, mas resumindo : lá está você, entrando em uma casa noturna a espera da sua sorte chegar. E é agora  que você precisa estar atento e seguir as dicas :

- Não fique paquerando todas as pessoas que aparecem no seu raio de visão, dar tiros pra todo lado só irá aumentar a sua ansiedade e, no final da noite, se não conseguir nada, vai sair catando a primeira coisa que tropeçar em você, e com certeza quem tropeça em alguém no final da noite, boa coisa não é...

- Fique atento as “tchutchuquinhas” e aos “Saradões”, se um deles aparecer aos seu lado para uma conversa de bar, no esplendor dos seus 18 ou 19 aninhos e você na fileira dos “enta” eu posso até apostar que toda a sua sabedoria sobre física quântica e seu jeito sexy de dançar bolero não estão fazendo com que ela(ele) morra de amor por você, algum intere$$e diferente deve estar no ar.

- Não seja alvo fácil, ao notar que chegou a sua vêz de ser paquerado(a) por aquela pessoa que já tentou com as últimas 30 e não deu certo, não vá se abrindo como pára-quedas, por que você tem que ser a segunda ou terceira opção? Para o franco atirador você é mais um número, se não der certo ele(a) vai tentar outra pessoa.

Pra finalizar este artigo é sempre importante frisar que, embora não exista um equilíbrio numérico entre homens e mulheres principalmente na faixa dos “enta” isso não é motivo para que você se dê por vencido e fique com qualquer coisa ou deixe que qualquer coisa fique com você.

Valorize-se !! Ser solteiro, mesmo que por uma fase, não é o fim do mundo.

Minha avó sempre dizia “antes só, do que mal acompanhado”.